Idiomas

PortugueseEnglishSpanishFrench
Colégio Galois oferece vivência universitária no Novo Ensino Médio - Colégio Galois

Colégio Galois oferece vivência universitária no Novo Ensino Médio

Criado pelo Ministério da Educação (MEC) e fundamentado na Lei nº 13.145, o Novo Ensino Médio amplia as novas demandas e complexidades do mundo do trabalho e da vida em sociedade. Sua principal proposta é aliar uma estrutura curricular comum, designada Formação Geral Básica (FGB), com outra mais flexível, constituída pelos Itinerários Formativos, na qual o aluno escolhe a área de conhecimento para aprofundar os estudos a partir de suas competências, habilidades e intenções de carreira.

Para garantir o significado do processo de ensino–aprendizagem, o Novo Ensino Médio propõe ainda o trabalho do chamado Projeto de Vida. É a partir dele que os alunos traçarão seus planos de estudos e, assim, serão capazes de fazer a escolha dos Itinerários Formativos de maneira mais assertiva. Contudo, não se trata apenas da jornada acadêmica. A partir do Projeto de Vida, a escola também trabalha o desenvolvimento do autoconhecimento do estudante, de sua formação para convivência, ética, cidadania, autoconfiança e resiliência, contemplando as diferentes áreas: profissional, financeira, saúde integral e voluntariado.

A implementação dessas ações, em todas as escolas públicas e privadas no Brasil, será iniciada a partir de 2022, de forma progressiva. No entanto, no Colégio Galois isso já é realidade.

“Continuamos com os nossos principais objetivos: preparar bem os alunos para os diversos vestibulares mais concorridos do Brasil e universidades do exterior. Estamos desenvolvendo mais ações para que os nossos jovens questionem o seu futuro profissional, sobretudo no Ensino Médio, para alcançar resultados ainda melhores na vida acadêmica, social e familiar sobre os aspectos cognitivos e emocionais”, explica a professora Dulcineia Marques, diretora do Projeto de Vida Galois.

Entre essas novas ações, o Colégio Galois vai muito além do que a BNCC pede para o Novo Ensino Médio brasileiro. No colégio, a vivência da universidade já entrou para o currículo dos alunos. “O nosso aluno já está construindo a sua própria história, desenvolvendo criatividade, resiliência, empreendedorismo e cooperativismo, tornando-se mais preparado para a Quarta Revolução Industrial e as futuras profissões que os aguardam. É um mundo mais inteligente e conectado, que está sendo construído em volta de nós, agora mesmo”, afirma a professora Dulcineia.

Entre as possibilidades de vivência universitária já no Ensino Médio Galois, o colégio oferece a Prática de Ensino 4.0. Na programação, durante o semestre, professores de diferentes universidades são convidados a ministrar práticas para que os estudantes tenham a experiência da profissão. Essas atividades estão divididas em três eixos: Saúde, Exatas e Humanidades. “São oferecidos diferentes workshops ao longo do semestre, como oficinas de suturas, aferição de pressão e microscopia invertida para os alunos que pretendem conhecer a área da saúde. Robótica, gamificação e inteligência artificial para os de exatas. E oratória, aulas de mídias sociais e empreendedorismo para aqueles que pretendem se aproximar das carreiras de humanidades e comunicação”, explica a professora.

Aluna da 2ª série do Ensino Médio, Maria Luísa de Faria realizou a oficina de sutura. “Foi muito interessante termos este contato prévio com a parte de anatomia, matéria muito recorrente na medicina. Nos ajuda saber se é isso mesmo que queremos para aprofundarmos ainda mais em nosso conhecimento e, assim, tornarmos profissionais mais aptos ao mercado de trabalho. Estar em uma escola em que o Novo Ensino Médio já é colocado em prática é importante para que possamos entender melhor todo este processo”, conta a estudante.

Júlia Leão está cursando a 1ª série do Ensino Médio também aprovou o novo currículo. “O novo Ensino Médio já é a nossa realidade aqui no Galois e estou gostando muito. Já estou desde o início do ano trabalhando com a divisão de itinerários [saúde, humanas e exatas] e estou em exatas porque é a área que eu me identifico. Tenho certeza de que o novo Ensino Médio vai me ajudar a ter uma escolha mais assertiva da minha profissão porque ele já me direciona, desde o início, para a área. O Galois saiu na frente no processo para essa preparação e isso é muito importante”, avalia a aluna.