Os alunos do terceiro ano do Colégio Galois, observando em redes sociais e em outros meios de divulgação as diversas formas de atuação social e a concreta possibilidade de serem postas em prática, instigaram-se a criar um grupo com o qual pudessem atuar e mudar um pouco a realidade de quem precisa de apoio. Além disso, desejam deixar um legado para os seus colegas no que diz respeito à caridade, de modo a saírem do Ensino Médio com a convicção de que fizeram algo pelos seus semelhantes. Afinal, muito é falado durante o colegial sobre a necessidade de se "pôr as mãos na massa" a favor do mundo, de se assumir, desde já, uma posição ativa por aqueles que em breve liderarão o país.

 

OBJETIVOS

Verificando a importância de sorrisos na luta contra uma doença e percebendo que esses sorrisos se encontram a pleno alcance, os alunos buscam interagir com as crianças que passam pelo hospital, nas áreas correspondentes as brinquedotecas, para a realização de brincadeiras, jogos, shows de teatro, de marionetes e de música, contação de histórias e recreação. Afinal, assim como defende o HCB (Hospital da Criança de Brasília José Alencar), os alunos estão certos de que brincar, sorrir e rir, isto é, esquecer, deixar de lado a doença é essencial para a vitória sobre ela, especialmente para aqueles que já tão jovens, são obrigados a se submeter a inúmeras restrições e tratamentos. Enquanto os pacientes ganham em estabilidade emocional e em distração, os estudantes, defrontando-se com uma realidade de necessidades, muito podem aprender em relação à valorização da vida e da alimentação saudável. O estresse nos últimos anos que antecedem a universidade é elevado, podendo este ser desfeito pelo puro e simples riso de uma criança.

 

ATUAÇÃO

O GAC (Grupo Galois de Apoio à Criança) integra o grupo de voluntariado Anjos da Alegria. O grupo é constituído por cerca de 28 alunos, sorteados, do 1º ao 3º do Ensino Médio do Colégio Galois, divididos em 4 grupos de 7 pessoas e um professor. Esses sete alunos distribuem-se entre as duas brinquedotecas do hospital de acordo com a quantidade de crianças em cada uma delas. As visitas do grupo são realizadas, conforme a possibilidade do hospital em recebê-las, todas as sextas-feiras (previamente definidas e acordadas), das 14h15 às 16h, podendo os alunos, caso desejem e as estagiárias de pedagogia das brinquedotecas permitam, participarem de seus eventos temáticos.

 

COMO PARTICIPAR?

Toda quinta-feira, às 7h, é disponibilizado um formulário eletrônico para ser preenchido. O sorteio é eletrônico e o resultado é divulgado na quinta à noite. O link se encontra logo abaixo e na página do GAC no Facebook, também poderá ser solicitado ao coordenador pedagógico.

Sua participação é fundamental. Inscreva-se AQUI! 

 

INFORMAÇÕES

Dias: sextas-feiras
Horário: 14h15 às 16h
Professor acompanhante: Yaron

Para mais informações, entre em contato com a coordenação do projeto pelo telefone 998167678 (Day) ou 998689482 (Mel).